quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Diário de Campanha: Mesa Online - Old Dragon (15)

Sábado passado tivemos mais uma sessão da nossa mesa online, infelizmente com a ausência de dois jogadores. Mas para os que logaram no horário, o jogo rendeu bons combates e muito XP.

____________________________________________________________
A sessão já começou com uma perseguição alucinante: o ranger Athos tentando alcançar o ladrão que havia fugido para o meio da mata. Depois de uma sequência de testes empolgante, na última chance o ranger conseguiu alcançar o ladrão e derrubá-lo no chão, acertando-lhe uma vigorosa espadada nas costas. Para se certificar que o bandido não tentaria mais nada, Athos desferiu mais um golpe na perna do infeliz, fazendo com que ele urrasse de dor.

O grito do ladrão pôde ser ouvido por Cerdic, Iantumal e Limpeon, que ainda estavam na estrada contando os mortos e feridos. Cerdic montou em seu cavalo, Áureo, e galopou para dentro da mata, em direção ao som, sendo seguido por Limpeon. Quando chegaram até o local, encontraram Athos com o ladrão já preso, amordaçado e quase morto.

Rapidamente conversaram sobre o ocorrido e começaram a voltar para a estrada, quando o ranger percebeu algo que o deixou receoso: entre os sons da mata, ele conseguiu discernir o cantar de um pássaro daquela região. Entretanto, com a aproximação do inverno, já não deveria haver nenhum pássaro daqueles nas matas, pois todos já deveriam ter migrado para locais mais quentes.

Athos parou e ficou prestando atenção. Àquele cantar do pássaro se uniu mais um, e depois outro e então mais três, vindos de todas as direções ao redor de onde estavam. Athos expressou sua preocupação com aquilo. Cerdic primeiramente achou que não era nada, mas quando olhou para o ladrão preso, viu que esboçava um sorriso malicioso. Não havia mais dúvidas: aquela era a maneira como os ladrões se comunicavam!

Os aventureiros tentaram recuar com cuidado, observando qualquer movimentação estranha dentro da mata, mas a emboscada já estava armada. Cerdic, montado em seu cavalo e empunhando sua espada, tornou-se um alvo fácil para a primeira saraivada de flechas. Três delas voaram em sua direção, uma delas acertando em seu pescoço e causando um gravíssimo ferimento (eu amo rolar 20 no dado, rsrsrsrs).

Com o ataque dos ladrões, Athos conseguiu enxergar onde estavam três dos inimigos, alertando seus companheiros antes de matar um adversário com uma flechada certeira. Cerdic, ainda tonto e sufocando, conseguiu avançar com Áureo para cima de outro ladrão, rasgando-lhe de cima a baixo com uma forte espadada. Limpeon começou a correr em direção a outro inimigo.

Outra saraivada de flechas veio sobre os aventureiros, três delas acertando Cerdic e uma acertando Limpeon na perna. Revidando aos ataques, Athos tentou acertar outro ladrão com uma flecha, porém sem exito. Ele também gritou para que Iantumal (que havia ficado na estrada) os viesse ajudar. Todo ferido e já quase inconsciente, o cavaleiro Cerdic avançou sobre o último ladrão que havia visto, desferindo um poderoso golpe que rachou-lhe o crânio.

Athos então ouviu os ladrões se comunicando novamente, apenas três deles, que pareciam estar recuando. Aproveitando a pausa nos ataques, os aventureiros rumaram rapidamente em direção à estrada, onde encontraram Iantumal adormecido na carroça.

Acordado com os gritos dos amigos, Iantumal foi prontamente ajudar Cerdic, que havia desmaiado e caído do cavalo. Athos e Limpeon então decidiram retornar para Haltsburg, levando os dois ladrões capturados vivos, para serem julgados pela justiça local.
o ClérigoSo long and thanks for all the fish!

4 comentários:

  1. Esperto e sortudo nos dados, hehehe.

    ResponderExcluir
  2. Todos os heróis falham ou não pensam direito às vezes, podendo causar até problemas sérios pra equipe... /:

    O jogo tá ficando cada vez mais massa, de qualquer forma ^^

    ResponderExcluir
  3. Estou gostando cada vez mais das sessões de sábado. Ao fim de cada sessão só ficamos mais nervosos, esperando o que vai acontecer na próxima semana.
    O RPG online é muito legal, pois exige bastante interpretação. A cada sessão aprendemos mais sobre descrição e aprimoramos a personalidade do nosso personagem (Até Áureo já está desenvolvendo uma).
    Devemos nossas felicidades de sábado ao nosso mestre, o Clérigo, ao pessoal do rrpg e À galera que criou o Old Dragon. Valeu gurizada!

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.