sábado, 5 de fevereiro de 2011

Aleatório: porque raios os humanos são criaturas tão estranhas?


Humanos. Engenhosos, adaptáveis, sobreviventes. Do frio glacial das montanhas até o calor escaldante do deserto, das selvas mais profundas até as maiores planícies; humanos mudam, se adaptam. Humanos quase sempre acham um jeito. Mas digam caros manolos, vocês já pararam para pensar porque essas criaturas são assim?
____________________________________________________________

As vezes apanhamos um pouco antes de entender certas coisas, as vezes você demora um pouco para juntar a XP necessária. A questão é que não vou mais colocar no inicio de meus posts aquele parágrafo explicando que o post é a minha visão do assunto e tudo mais. Todo mundo que acompanha meu trabalho aqui no blog sabe a minha posição com relação ao RPG. E para quem não sabe "jogue do jeito que for mais divertido para você e seus amigos". Simples assim. Um post sobre humanos vai gerar polemica? Muito provavelmente. Isso é um problema? Não. E se por acaso aparecer algum vilão nos comentários querendo derrubar as colunas do templo pode vir, minha armadura dracônica e minha montante vorpal estão prontas.

Bem primeiro vamos dar uma olhada no modo como nós humanos somos apresentados em jogos de RPG. Via de regra os humanos são retratados como uma raça muito diversificada, desde os bárbaros do norte gelado (porque será que os bárbaros são sempre do norte?) passando pelas terras medias da vida até chegarmos aos impérios orientais. Humanos não tem classes ou kits típicos, eles também não possuem tendência/alinhamento padrão como outras raças. Na verdade analisando desse jeito a única coisa em comum entre dois humanos é que eles são totalmente diferentes. Mesmo melhores amigos entre eles podem ter brigas e discordâncias enormes.

Agora indo um pouco para o mundo real. Acredito que vocês tenham aprendido isso na escola mas vou perguntar assim mesmo. Porque o ser humano dominou o mundo? Nosso cérebro grande permitiu desenvolver idéias e ferramentas avançadas, muito alem de tudo que já existiu em nosso planeta. Mesmo o mais inteligente dos animais não ultrapassa o nível de uma criança pequena em termos de capacidade de raciocínio.

Existe um problema? Pode ter certeza, cedo ou tarde alguém vai achar um modo de resolver. A criatividade é a ferramenta mais poderosa de que dispomos, como somos diferentes uns dos outros podemos enxergar o problema de varias formas, e uma hora alguém vai chegar ao ponto certo. Alem disso os humanos de uma forma geral são eternos insatisfeitos, sempre a procura de alguma coisa para se satisfazer, pelo menos até alcançarem a partirem para o próximo objetivo. Seja amor, respeito, fama, fortuna, ou simplesmente terminar a quest da semana e dar uma surra naquele feiticeiro NPC que está sendo uma pedra na bota dos jogadores nas ultimas sessões.

De certa forma somos parecidos com vírus. Temos uma necessidade constante de consumir, de dominar, de conquistar, de saber, de ver e de sentir. Somos inquietos por natureza. Nos adaptamos ao ambiente e sobrevivemos mesmo quando as probabilidades dizem o contrario. Em tormenta por exemplo, enquanto os elfos enfrentavam uma profunda depressão coletiva após perderem seu reino para os goblinóides, os sobreviventes de Tamura estavam batendo no peito e chamando para briga; sendo que a aliança negra é uma ameaça bem mais mundana que a tormenta. E além de tudo existe uma profecia prevendo a morte do líder goblinóide! Na boa, o que parece pior? Um exercito enorme mas com um líder destinado a morte ou uma invasão de outra dimensão com possibilidades realmente mínimas de sobrevivência (e menores ainda de vitoria). É por essas e outras, e vários exemplos do mundo real que digo que somos o vírus mais bem sucedido de todos os tempos.

Resumo da opera: humanos são inquietos por natureza, com uma gana de sempre conquistar mais e mais. A ambição e a criatividade são suas maiores forças, e como dizem os clérigos de certa deusa "Se ninguém quisesse ter mais do que tem, ainda estaríamos vivendo em cavernas."

Bem manolos este post encerra a minha serie sobre as raças de RPG. Não vou falar de gnomos pois como já disse antes não tenho conhecimento do assunto então provavelmente falaria besteira. Vou ter um brainstorm em um momento aleatório da semana para escrever o próximo post.

PS: comentem pessoal, isso gera XP para que eu possa melhorar minhas pericias conhecimento (RPG) e ofício (escritor de blog) e fazer um trabalho melhor para vocês.
Hiago AzuredHiago Azured, Roleplayer 4/Powergamer 1; tendência:??? FOR 8, DES 12, CONS 10 INT 17, SAB 9, CAR 15 Além de rpgista é metaleiro, DeMolay, nerd, otaku e agnóstico. Costuma chamar as pessoas de "manolo", tem leve tendência a falar de forma exagerada, joga todo e qualquer cenário/sistema que aparecer em sua frente. Por algum motivo considera a amizade verdadeira uma forma superior de amor. Anime favorito: BERSERK. Mora no Acre e é criador do Crônicas do Nerd Perdido.

8 comentários:

  1. Pois é, a comparação dos humanos com vírus foi maldosa... mas bem real. Infelizmente isso vai continuar sendo verdade até aprendermos a conviver em paz com o ambiente, quando então nos tornaremos elfos, rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Desde o momento que entrei numa mesa de RPG, só joguei com humanos. Tente com elfos e me irritei com a arrogância. Tentei com anões e me cansei da necessidade de ordem. Tentei com algumas raças monstruosas e não encontrei neles a facilidade de ser um humano. Do mais vil assassino, passando pelo mais ágil ladrão, pelo mais valente cavaleiro ou o mais bondoso samaritano, do vilão mais implacável ao herói mais adorado, desde que me tornei mestre todos os papéis de destaque vão para humanos. Jogo em Faerûn, mas morro de inveja de Tormenta, que deu um fim nessa raça chata que são os elfos.

    ResponderExcluir
  4. Postaço Hiago =D!
    Humanos são criaturas com potencial divino, mas quando mau orientados são mais mediocres que qualquer outros seres.

    ResponderExcluir
  5. Eu ia falar basicamente o que o Red Dragon falou, haha

    De qualquer forma, ainda tenho uma centelha de esperança pelos humanos. Talvez um dia eles evoluam pra alguma coisa melhor ^^

    ResponderExcluir
  6. A ambição humana ainda vai nos levar a uma derrocada total. Ou talvez a algo próximo de uma utopia.

    ResponderExcluir
  7. puxa, ja estava estalando os dedos para escrever/discutir com o mestre walla sobre a proposta dele, quando vi q era brincadeira!

    hehehehe

    otima postagem. ser humano é fogo. q bom q nao sou.

    TAN TAN TAAAAN!

    ResponderExcluir
  8. Quem disse que os humanos são os mais adptáveis? E os elfos que vivem em cima das árvores, debaixo das montanhas e no fundo dos oceanos? São menos adptados? Acredito que o ser humano é um ser adptavel é apenas ponto de vista... Ou será isso explica pontos de vista muito diferentes e pessoas diferentes? Ai que dor no cérebro!!! ...

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.