quarta-feira, 27 de abril de 2011

Diário de Campanha: Mesa Online - Old Dragon (18)

No último sábado demos continuidade à nossa mesa online de Old Dragon no reino de Bruntoll. Confira aí como foi essa sessão.

O reencontro
Leonam acordou, e logo seus antigos companheiros - o cavaleiro Cerdic, o ranger Athos, o clérigo Iantumal e o bardo Gwin - foram ver se ele estava bem e então decidir o que deveriam fazer.

A história de Leonam
Em suma, Leonam contou-lhes que ele e Argalad haviam encontrado alguns companheiros de viagem, entre eles o hobbit Gwin, que os levou até a Torre do Conhecimento, onde encontraram o mago Willard e contaram-lhe tudo que havia acontecido, desde o incêndio na torre de Kelben, até o ritual que drenara a energia mágica de Miriam.

O velho mago lhes disse que as duas magias haviam sido conjuradas por um mago muito poderoso, utilizando segredos ancestrais. Ele então lhes indicara uma biblioteca no Principado Élfico, onde poderiam encontrar o Manuscrito da modelagem elemental, um tomo antigo escrito por um certo Shaar Cal Abdul, que versava sobre os mistérios elementais.

Willard então, percebendo a urgência do assunto, começou a abrir um portal que levaria o grupo até o Principado. Contudo, quando a magia estava quase finalizada, um homem entrou no recinto onde estavam, e Leonam reconheceu-o como seu antigo mestre Kelben. Sem dizer palavra alguma, Kelben desenhou alguns símbolos no ar e conjurou um Elemental de fogo bem ali onde estavam.

Leonam, novamente, entrou em convulsão e desmaiou.

No primeiro ataque da criatura, o mago Argalad e o guerreiro Guespir foram consumidos pelas chamas. Willard mal teve tempo de terminar o portal, antes de empurrar Gwin e Leonam para dentro e fechá-lo em seguida.

Foi nesse instante que os dois saíram de dentro de um globo de luz, bem perto de onde estavam Cerdic, Athos e Iantumal, sem saber o que aconteceria entre Willard e Kelben.

Leonam, o mago mascarado
Mais um reencontro
Enquanto Leonam terminava de contar a história, todos ouviram alguém se aproximando do acampamento, vindo da direção da estrada. Era Limpeon, o guerreiro que havia sumido desde a briga na taverna.

Limpeon explicou-lhes que, na noite da confusão, estava descendo para ir encontrar os amigos, quando viu dois estranhos perguntando ao taverneiro qual era o quarto de "Limpeon". Como estava desarmado e sozinho, voltou rapidamente para o quarto, pegou suas coisas e fugiu pela janela, ficando escondido do lado de fora.

De seu esconderijo, Limpeon percebeu que houve uma grande confusão na taverna, envolvendo seus amigos, mas preferiu assistir tudo de fora, para poder ajudá-los caso fossem presos ou algo assim. Depois que ficou sabendo que eles haviam sido expulsos da cidade, decidiu procurá-los, encontrando-os na floresta.

Decisões
Depois de todos os reencontros, atualização das posições e uma bela janta, nossos heróis resolveram descansar um pouco e então se preparar para o dia seguinte, quando teriam de tomar algumas decisões.

Willard havia encarregado Leonam e Gwin de irem buscar o Manuscrito da modelagem elemental, no Principado Élfico; Cerdic, Iantumal e Athos tencionavam levar Miriam até a casa de sua prima Marta, próximo às montanhas Kork; Limpeon, por sua vez, apenas desejava vingar a morte de seu pai, matando os bandidos que infestam as cercanias de Haltsburg.

Diante de tantos objetivos, nossos aventureiros decidiram acabar com os bandidos em primeiro lugar, a fim de poderem viajar tranquilos até a casa de Marta, onde pretendem deixar Miriam e então voltar-se para a busca do Manuscrito.
Depois de tanta falação, algumas cabeças tinham que rolar...
Carnage amongst the forest
Com a decisão tomada, a galera partiu para dentro da floresta atrás dos bandidos. Athos guiou o grupo até a entrada de uma caverna, onde os ladrões se escondiam, e aí foi um pega-pra-capar geral. Infelizmente não consegui matar nenhum dos PJs neste combate, apesar do show de críticos, mas Limpeon saiu com apenas UM PV, e só ficou vivo por que o último ladrão errou seu derradeiro ataque.

Após a carnificina no meio da floresta, os aventureiros estão agora detonados e em frente à caverna dos bandidos, onde começarão a próxima aventura.
o ClérigoSo long and thanks for all the fish!

12 comentários:

  1. oO... Infelizmente²... Coitados... Depois de tantos feitos acabar morrendo pelas mãos de bandidinhos ...kkkk'

    ResponderExcluir
  2. Ah, uma morte no grupo de aventureiros é sempre bem vinda! O que seria de Senhor dos Anéis sem a morte do Boromir? XD

    ResponderExcluir
  3. você e mau, muito mau.
    O que eu tive foi sorte, fugi e depois voltei apenas com 1PV contra o brutamontes mais esquisito entre os ladrões e consegui sobreviver a ele.

    A mesa está bem legal, vamos continuar assim.

    ResponderExcluir
  4. Sal neles \m/ KAoKapOKapoKapokPOAk

    ResponderExcluir
  5. Cuidado pra não mudar de Bom pra Neutro, hein Clérigo? xD

    Ah, essa sessão deve ter sido tão legal *.*

    ResponderExcluir
  6. Pô eu queria jogar na mesa do clérigo ou na do Red, mas esses horários são meio complicados pra mim, pq sexta feira mestro pra minha mesa e sábado e domingo fico com a namorada, pra mim só rolaria jogo sábado e domingo depois das 22:30, o que é um horário péssimo pra maioria, pois saem e fazem outras coisas.
    Se alguém tiver esse horário do sábado pra domingo, podiamos organizar algo.

    @Clérigo: o mago Argalad e o guerreiro Guespir foram mortos? Eram PJ's? Se sim, foi pq os jogadores "abandonaram" a mesa, enjoaram dos personagens ou foi pura maldade clerical? hehehehe

    ResponderExcluir
  7. @Vinicius: vc sobreviveu por que o ladrão errou o tiro de besta, e por que o grandalhão tava atacando o Cerdic, rsrsrsr.

    @Arantes: Argalad e Guespir eram PJs sim, mas tiveram que abandonar por questões de horário. Infelizmente não tinha como manter tantos PdMs importantes no grupo, aí achei melhor matá-los.

    Se rolarem outras mesas online eu dou um toque por aqui.

    ResponderExcluir
  8. Vale ressaltar que Cerdic chamou o último ladrão no punho mesmo!
    Falha crítica fez quebrar a espada...

    ResponderExcluir
  9. @Clérigo: mas ainda consegui causar dano não precisava estragar meu mérito.

    @Cavaleiro: a parte de pegar ele no punho talvez tenha sido a melhor, ato heróico muito digno de cavaleiros \o\.

    ResponderExcluir
  10. Parabens clerigo, pelo que vejo a campanha ainda continua muito boa e o Leonam hehehe sempre desmaiando.

    Avante herois pois varios segredos ainda os aguardam hehehe.

    que saudade de vcs.

    ResponderExcluir
  11. E eu aqui, só babando... Hail! "Bruntoll, mi bambino!"

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.