domingo, 28 de agosto de 2011

Post da Leitora: Mestre de Primeira Viagem - Parte II


Olá, pessoal... Hoje estamos de volta com a segunda parte do post da leitora Bel. Sem mais demora, vamos conferir o material =D.

Como foi não deixar o barco afundar

Eu sou uma doida varrida com organização. Sério, organizo até tapoer por cor, tamanho, material, etc... E não gosto que as coisas fujam muito ao meu controle, mas este último eu acho que é por que sou mulher e tals =P...

Então, para o primeiro jogo que resolvi mestrar, criei uma vila, com um mapa básico. Coisa pequena pra não dar muito trabalho. E nesta vila, tem algumas personalidades conhecidas (O regente, o clérigo local, o dono da taverna, a 'estranha', etc) e informações que todos sabem sobre essas personalidades. Todos os PJ's estão nesta cidade há pelo menos 3 semanas e são livres pra criar a história pessoal utilizando (ou não) a vila e suas personalidades.

Isto me deu uma maior segurança, pois tenho controle de onde os personagens começam o jogo. Todos se conhecem de vista pelo menos (já que é uma vila média e estão ali há algumas semanas), o que facilitou unir o grupo. A vila, como pano de fundo, me possibilita algumas quests sem que os PJ's vão muito longe e saiam como loucos explorando o mundo todo e me deixando paranóica. Além de serem desafios mais fáceis, com monstros mais básicos, o que é ideal para os primeiros níveis.

Assim, tenho tudo em uma pasta organizadora: Fichas, mapas, imagens de PdM's, estatísticas de monstros, etc... E umas duas aventuras prontas (já previamente lidas e com algumas anotações) para o caso de dar branco.

No mais, gosto de utilizar planilha de combate (seja simples ou elaborada), com coisas que representem os PJ's e monstros ou inimigos (seja miniatura, alguns dados ou bolinhas de papel). Facilita muito para ter uma visão do combate e não se perder entre os golpes de espada, ataques furtivos, magias, etc....

Estou utilizando como planilha de combate um vidro de 6 mm que foi jateado com quadrados de 2,5x2,5 cm. Qualquer vidraçaria consegue fazer um desse.
Planilha de Combate de vidro jateado.
Pode-se desenhar nele com pincel para quadro branco (o que possibilita criar vários cenários) e depois utilizar um apagador ou flanela para apagar. Eu só faço os contornos dos cenários e uso uma régua pra desenhar, já que a pessoa aqui não sabe fazer nem traço reto direito.
Não ficou super fofis com as minis do Old Dragon???
E sendo o mestre, temos algumas gratificações:

•Sabe aquele aperto e raiva que já fizeram o seu personagem passar? Então, agora você pode fazer o mesmo com os PJ's dos seus amigos =D.

•É uma ótima forma de "ressuscitar" seus personagens favoritos, já que eles podem aparecer como PdM's. Lembrem-se apenas de que os personagens principais são os dos jogadores e não os do mestre. Não deixe os PdM's roubarem a cena.

•É a oportunidade de "jogar" com um personagem mau, ruim pacas, sem ninguém poder te criticar pelas atrocidades cometidas.

•Ver os jogadores se surpreenderem com as situações inusitadas que criou e te olharem com aquela expressão: "Ah não, mestre!!!" ou o clássico "Ihh, F****!!!".

•Sentir-se um deus por dez segundos. Afinal, você tem um mundo e só você sabe o que vai acontecer nele.

•Passar um ótimo tempo de lazer com seus amigos (coisa mais brega, mas verdadeira =D).

E por fim, tente não se preocupar demais. Afinal, estão todos ali para se divertir.

Gafes acontecem. Tente utilizá-las no jogo, se não der, ria pra valer do seu erro, e continue a narrativa. Aceite as criticas de forma construtiva, alguém com uma visão diferente sempre pode ver algum detalhe que você não conseguiu enxergar.

Lembrem-se, a "regra de ouro" ou "regra da casa" sempre é útil em caso de dúvidas e deve ser arbitrada com bom senso (só as anote depois, para em situações semelhantes futuras, aplicar a mesma regra).

E, só não vire um tirano, ninguém gosta de tiranos e eles sempre são depostos.

Bom, espero que este post tenha sido de alguma ajuda e que muitos se aventurem a mestrar. Eu posso dizer que sobrevivi a minha primeira sessão e que não me arrependo de nada, nem dos erros, nem dos acertos.

DruidaO Druida já era um druida antes mesmo da chegada da 3ª edição. Desenhista, escritor e professor de artes marciais é também fã de quadrinhos, pintura, literatura, poesia, músicas new age e principalmente RPG. Passou alguns anos tentando construir um PdM épico para sua campanha de DeD 3.5, mas nunca conseguiu calcular corretamente seus talentos, perícias e magias. Acabou desistindo e abraçou o movimento Old School.

9 comentários:

  1. Graaande Bel! Organização realmente é a segunda alma do mestre, ainda mais com aventuras preparadas com antecedência, afinal aventuras de ultima hora podem sair completamente bizarras ^^

    A única coisa que eu não gosto é do quadriculado, sou da opinião que ele tira um pouco a imaginação do combate, pois de certa forma você esta vendo tudo que está acontecendo.

    e isto "•Sabe aquele aperto e raiva que já fizeram o seu personagem passar? Então, agora você pode fazer o mesmo com os PJ's dos seus amigos =D." é a mais pura verdade kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Excelente post, Bel! Sempre é bom vermos o diferente e inovador estilo blogueirA trazendo novidades pra blogosfera RPGística nacional!

    ResponderExcluir
  3. Se eu tivesse lido esses dois posts de Bel antes eu teria me livrado de algumas campanha inacabadas e várias gafes. Muito bom mesmo Bel, desse jeito você vai passar do meu nível rapidinho. Haha.

    ResponderExcluir
  4. Galera... Eu particularmente achei show de bola o grid de vidro jateado. Eu nunca tinha visto e fiquei impressionado =D...

    ResponderExcluir
  5. MUITO loco esse grid de combate *_*

    ResponderExcluir
  6. Nossa! O.o Curti demais essa grid também!!!

    ResponderExcluir
  7. Particularmente, eu gosto de ter uma panilha de combate, por que ajuda muito aos jogadores e o mestre se localizarem durante a batalha e não ficarem perdido com a novimentação. E não acredito que tira a imaginação e o glamor do combate, é só ir descrevendo do golpes e reviravoltas.
    Que bom que vcs gostaram do Grid de Vidro. Garanto que é bem útil. ^^

    ResponderExcluir
  8. Eu acho que to ressabiado com a 4ª edição...kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Esse grid é fantástico mesmo! Contudo, meu estilo de mestrar é o oposto da Bel: não consigo planejar tanta coisa assim com antecedência, mas admiro quem o faça.

    E, Bel, vc escreve muito bem, parabéns!

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.