domingo, 1 de janeiro de 2012

Notícias: Kit Introdutório de Dungeons & Dragons

Galera, me perdoem pela notícia atrasada, pois a Devir anunciou este lançamento pouco antes do natal, mas esta me animou bastante =D...

Alguém se lembra dos saudosos jogos como First Quest, Dragon Quest, Hero Quest e o D&D da Grow? Fora os vários títulos de AD&D? E o que todos eles tinham em comum? Todos vinham naquelas caixinhas maravilhosas, que classificavámos por cor (Vermelha, Negra, etc.) e ficávamos horas admirando-as e lendo as informações de frente e verso antes de nos aventurarmos nos produtos de seu interior.

Pois é, Otávio A. Gonçalves, editor de D&D no Brasil, anunciou o lançamento do Kit Introdutório de Dungeons & Dragons, o primeiro produto da linha da linha Dungeons & Dragons Essencial, uma nova linha de produtos de Dungeons & Dragons, direcionada a jogadores que estão ingressando pela primeira vez no universo de D&D.

A linha "Essencial" são as icônicas "Caixas" para a 4ª edição.

O Kit Introdutório de Dungeons & Dragons é o primeiro produto em formato de caixa lançado pela Devir e os outros lançamentos da linha Essencial também seguirão o formato original, portanto, podemos esperar pelas caixas do Covil dos Monstros e do Kit do Mestre =D...


Componentes do jogo:

  • Livro do Jogador, com as regras de criação de heróis e uma aventura solo
  • Livro do Mestre, com as regras e conteúdo para uma aventura que leva os personagens do nível 1 ao nível 2
  • 1 folha frente e verso com marcadores destacáveis de heróis e monstros
  • Fichas de personagens e cartões de poder.
  • Mapa de batalha com frente e verso.
DruidaO Druida já era um druida antes mesmo da chegada da 3ª edição. Desenhista, escritor e professor de artes marciais é também fã de quadrinhos, pintura, literatura, poesia, músicas new age e principalmente RPG. Passou alguns anos tentando construir um PdM épico para sua campanha de DeD 3.5, mas nunca conseguiu calcular corretamente seus talentos, perícias e magias. Acabou desistindo e abraçou o movimento Old School.

21 comentários:

  1. Pra mim que nunca jogou D&D vai ser legal.
    Hora de ir juntando o troco da padaria ehauieaoiheia

    ResponderExcluir
  2. já tá em pré-venda lá na Moonshadows! =D

    ResponderExcluir
  3. Eu queria comprar, vejo que ta barato e talz, mas... duvido muito que meu grupo (que é so de 3 incluindo eu) queira jogar. A gente é acostumado com jogo simles e seria quase impossível convencer os dois a jogar.

    ResponderExcluir
  4. é sempre bom ver esse tipo de material em terras tupiniquins.

    acho apenas q essa caixa seria melhor aproveitada se fosse usada o modo antigo, indo ate o 3 nivel

    ResponderExcluir
  5. E pra mim que é um grupo de 3 que joga uma vez por mês (e olha lá) XD
    Então eu tecnicamente parei de comprar RPG, mas vou dar uma olhada na caixa para apresentar a novos jogadores quem sabe

    ResponderExcluir
  6. @Beltrame: Concordo... Apenas nível 1 e 2 dá a impressão de jogo "Demo" =D...

    Também acho que ao invés de marcadores de heróis e monstros, podiam vir aquelas miniaturas simples de uma cor só, pelo menos dos heróis =P...

    Mas de qualquer forma achei uma boa iniciativa da Devir de resgatar as "Caixas", ainda mais pelo preço... Cerca de 42 dilmas =P...

    @Medieval Tales: Qual sistema vc e seu grupo jogam?

    @Pedro Henrique: Cara... Pra vc que nunca jogou D&D é uma excelente oportunidade =D...

    ResponderExcluir
  7. Pô acho que seria mais legal se pudesse montar os tiles pra fazer a dungeon, que nem os jogos de tabuleiro do Drizzt e do Ravenloft,aí você podia aproveitar mais a "caixinha", mas já que é só os 2 primeiro níveis...

    ResponderExcluir
  8. Ai está o problema: só do 1 até o 2 :\

    ResponderExcluir
  9. Tomara que a Devir seja mais inteligente que a Wizards e coloque um kit de dados na caixa "básica"! Onde já se viu um kit direcionado a iniciantes que não vem com todo o necessário para jogar!

    ResponderExcluir
  10. @Igor "Corvus Corax" Sartorato: Nobre amigo, pensei a mesma coisa que você quando fiquei sabendo do lançamento... infelizmente vem esse seguinte aviso no anúncio da Devir:

    "Este produto precisa de dados, não incluídos na caixa."

    ResponderExcluir
  11. Essa caixa vai só até o nível 2?

    Com praticamente uma 5a edição surgindo esse vai ser mais um lançamento atrasado da Devir que não vai introduzir nada =/

    ResponderExcluir
  12. Driuda: Nunca joguei D&D e meu grupo joga Might Blade, ja tentei até experimentar novos jogos mas um deles não aceita, mas sempre que a gente acaba experimentando, nenhum (até agora) é tão bom quanto MB.

    ResponderExcluir
  13. @Medieval Tales: Mighty Blade é muito bom mesmo =D...

    ResponderExcluir
  14. precisamos de mais jogos como hero quest essa é a verdade, aplica umas regras legais que dê pra interpretar o personagem, tiles de dungeon montáveis e uns tabuleiros baratos de campo aberto, isso sim vai vender

    ResponderExcluir
  15. @lucasx86: Isso é verdade... alguma coisa no estilo do First Quest, que pudéssemos começar do básico mas que teria material mais avançado... Ou ainda algo independente como Hero Quest mesmo... nossa, Hero Quest era "O Jogo" =D...

    Mas a linha essencial preza exatamente isso, uma introdução pra 4ª Edição... O problema mesmo é que a 4ª Edição não agradou tanto e como o Lan de Borba disse, foi lançado em um eminente lançamento da "5ª Edição" =/...

    ResponderExcluir
  16. Lan, acredito q ainda teremos alguns anos de 4ed antes de trocar para uma 5. o q tem ocorrido é muita falação de uma 5 edição, mas nao acho q va se concretizar taõ cedo

    ResponderExcluir
  17. Concordo com o lucasx86 , precisamos de RPGs que priorizem a interpretação.

    ResponderExcluir
  18. Compreendo seu ponto de vista Beltrame.

    Na verdade eu sequer acho necessário uma nova edição do D&D (nem a 4a na verdade hehe), mas os rumos editoriais da WoTC tendem a apontar o contrário. A leva recente de demissões, somada ao retorno do Mont Cook e uma tomada de espaço visceral do mercado pela Paizo apontam que a WotC vai mudar o jogo.

    O que não sei ainda é se:

    i) Vão criar uma nova edição;
    ii) Vão mudar a linha editorial;
    iii) Vão copiar descaradamente a Paizo;
    iv) A Hasbro vai pedir para eles venderem mais bonequinhos.

    Particularmente, acho a opção II a mais acertada. Tenho saudade de algumas decisões editoriais da finada TSR, onde conseguiam satisfazer tanto jogadores e entusiastas quanto os aconistas.

    Penso que uma versão "pára iniciantes", deveria ser como o finado, e já mto falado, FirstQuest. Trata-se de um outro jogo, mas com os fundamentos e conceitos-base do jogo avançado, permitindo que o jogador evolua seu personagem até sentir a necessidade de regras mais avançadas. Isso alias era tendência na época, o MERP também tinha sua versão resumida para iniciantes. Hoje algumas editoras, como a Green Ronin tem uma versão QuickStart de seus jogos para download gratuito, similar ao Old Dragon Fast-Play.

    Sem contar que a caixa vinha completa: miniaturas, mapas, fichas coloridas (claro que com imagens recicladas, mas belíssimas), encartes de magia, etc.

    Penso que um box para iniciantes desta forma conseguiria o que as recentes investidas da WotC não conseguiu: atrair iniciantes tirando a nova geração de frente do videogame.

    ResponderExcluir
  19. Acho que uma das tentativas de tirar a galerinha da frente do videogame, como disse o Lan de Borba, foi o dragon age RPG, que eu saiba está dando certo (né?). E sobre as opções acima, dá pra escolher umas duas (já que não é vestibular XD) que seria a II, como o Lan disse, e a IV, porque se a Hasbro copiar a Paizo, eu não acho que essa animação de vender mais bonequinhos ia ser necessária.

    Eu comecei a fazer um sistema de regras (muito pouco ainda, muito oque fazer, mas não vou desistir) que possa usar os tabuleiros baratos e que possam valer a pena por muito tempo, que use a interpretação, regras simples, e vou ser bem sincero, terminando tudo, eu libero na net sem problemas, mas mesmo com o manual liberado, quem sabe não tentar publicar um dia?(seja publicado por mim, ou pelas ótimas editoras que temos no brasil, afinal, 2011 foi O ANO do rpg nacional, que 2012 também seja)

    Já que estou falando de mais aqui vou fazer uma perguntinha: Alguém aí vai participar do concurso de game design da Secular Games?

    ResponderExcluir
  20. E ae Lucas,

    Vou participar sim cara lol. Participei do RPGénesis o ano passado e foi uma experiência muito legal.

    Sobre o Dragon Age cara eu tenho a box em português e te digo: foi um trabalho muito bem feito de um dos grandes game designers da atualidade,o Chris Pramas, que tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o ano passado no WRPGF.

    O legal desta box é que mesmo quem não manja nada do jogo eletrônico pode se divertir a beça. As ilustrações são boas pra caramba.

    Aí revela-se, e para quem conhece o M&M e o Song of Ice and Fire RPG fica mais evidente, o grande trabalho da Green Ronin, inclusive com o sistema d20. Particularmente se a WotC quiser copiar alguém, não copie a Paizo, copie a Green Ronin hehe.

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.