segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Pergaminho: Rimador - Ferramenta para os Bardos

Eu, sendo um estudante de magia, topo com diversos conhecimentos obscuros nos livros empoeirados das estantes de meus mestres. E cá estava eu a ler um livro sobre a maneira com que os bardos manifestam seus poderes, quando deparei com um de seus maiores segredos: a confecção de rimas!



____________________________________________________________



Caso eu já  não estivesse estudando magia, seria certamente um bardo, pois com os segredos deste engenho chamado Rimador, a tarefa de montar versos rapidamente torna-se bem menos trabalhosa. Suponho que algumas pessoas em um longínquo plano de existência fingem serem heróis em aventuras imaginárias, e caso forem bardos, atentem para esta dica, pois ela pode ser de grande valia! 

Vou apenas transcrever o que estava no velho livro, pois desconheço muitos dos termos utilizados: 


Para utilizar o Rimador, não é complicado: 
Digite a terminação do vocábulo desejado.
Se “guerreiro” é o que você quer rimar, 
“Eiro” é o que na caixa de texto deve se formar. 

Mas não se esqueça de marcar uma opção 
Que traz a eficiência, chamada “Terminação”.


Bem, espero que minha escapada e “empréstimo” ilegal do raro tomo de meu mestre possa ser útil a alguém, bardos ou não (e peço perdão por não conseguir compreender totalmente os termos grafados no volume, afinal sou um aprendiz ainda)... agora devo devolver a obra a seu devido lugar...

(o bardo kobold foi desenhado por Darren Calvert)

8 comentários:

  1. Caramba, muito legal essa ferramenta, Encaitar! Acho que a barda Astreya iria gostar, hehehe.

    O Clérigo (disfarçado de anônimo)

    ResponderExcluir
  2. otima ferramenta, amigo de escrita.
    com certeza auxiliará muitos bardos
    que nas rimas enxergam apenas os fardos
    de compor de forma erudita.

    #inventation

    ResponderExcluir
  3. Realmente, eu adorei!! Confesso que tenho dificuldade em fazer rimas... Agora, minhas canções vão ser mais bonitas, hahaha!!

    (Um tal de Jake Evermore, que anda fazendo bagunça aqui em Elgalor, precisa saber disso...)

    ResponderExcluir
  4. É... fica muito mais fácil e da tempo de tomar uma birita rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  5. que isso!
    um amigo sofrendo grande castigo
    pois nele possso dizer que acredito
    se ele diz ser poeta inventor.

    hehehee empolguei com a rima do rafael hehehhe

    ResponderExcluir
  6. amigo clerigo lhe direi
    desta ferramenta nao usei!
    nao por falta de esforço ou tentativa
    mas por minha inaptidão quase sempre ativa!

    heheheh
    #inventation rolando

    sei la, tem umas prosas gauchescas q sao mais ou menos assim, elas rimam "os meios" e as "pontas", ao inves de rimar o 1º com o 2º, e o 3º com o 4º

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.