sábado, 8 de janeiro de 2011

Aleatório: Porque raios os elfos vivem no mato?

Elfos. Mestres da arquearia e das artes místicas. Conhecedores de segredos ancestrais. Envoltos em uma aura de mistério os elfos fascinam e confundem. Mas você já pararam para pensar porque cargas d`água eles moram enfiados no meio da floresta?
____________________________________________________________

 Quando comecei a jogar RPG em cenários medievais algo me chamou a atenção, ora os livros apresentavam os elfos como místicos misteriosos, sábios não muitos dispostos a partilhar seu conhecimento com "inferiores" ora como criaturas amantes da natureza e grandes arqueiros (até hoje não entendo como uma criatura consegue fabricar ou usar uma roupa de folhas). Agora me digam meus caros manolos; tem explicação?

Quero deixar claro logo de cara que as idéias que vou apresentar nos próximos parágrafos são o modo como eu vejo os elfos. Não tenho a pretensão de dizer que minhas idéias são definitivas, esse é seu jogo, você e seus amigos devem jogar do jeito que for mais divertido para vocês então se na sua mesa os elfos são brincalhões, maus, loucos ou qualquer outra coisa ótimo! Façam do jeito que ficar mais interessante para o grupo.

Bem, isso dito vamos colocar a mão na massa. Em quase todos os sistemas elfos recebem bônus de inteligencia/raciocínio/mental ou qualquer coisa equivalente. Isso quer dizer que suas mentes mentes são naturalmente mais aguçadas e capacitadas que as humanas por exemplo. Temos então um ponto chave para destrinchar esse problema todo.

Aposto que todo mundo já ouviu falar alguma coisa sobre ecologia, sustentabilidade, desenvolvimento sustentável, preservação do meio ambiente, uso racional dos recursos naturais e coisas do genero. Acompanhem minha linha de pensamento, elfos tem mentes mais desenvolvidas portanto tem mais "consciência" mais "percepção" do mundo ao seu redor; eles vêem e entendem mais facilmente como as coisas se relacionam, e também as vantagens de morar em uma aldeia na floresta em vez de uma cidade como as humanas.
Mago elfo. Quase um paradoxo.

Então alguém pergunta. E que vantagens são essas? Lá vai uma pequena lista: ar puro, muita comida disponível, é um lugar de difícil de ser atacado (e achado!), cidades medievais não tem sistema de esgoto...
E aquela que eu acho a principal razão dos elfos viverem como vivem: o isolamento.

Veja, chega a ser natural para um elfo um pensamento do tipo "Sou mais hábil, sou mais inteligente, o que vou querer com criaturas inferiores? Faz muito mas sentido viver entre aqueles que estão no meu nível." Isso torna os elfos arrogantes e elitistas? Sim torna, acho que é justamente por isso que ultimamente em várias obras de ficção vemos os elfos sendo expulsos de suas terras por criaturas que eles consideravam inferiores.

Certa vez ouvi que "tecnologia avançada o suficiente não pode ser diferenciada de magia". No caso dos elfos por suas ações serem imcompreensiveis a outras raças (tente explicar a um orc o que é desenvolvimento sustentável, muitos humanos também não entendem) eles acabaram criando uma aura de mistério em torno de si mesmos, coisa que a maioria faz questão de manter. E acredito que os elfos mantém essa falsa ideia de superioridade como meio de preservação da raça, afinal as pessoas temem o que não entendem.
Elfo ranger. Tem mais lógica.
Esse post já está ficando longo demais então é melhor eu ir encerrando por aqui. Mas, resumo da ópera. Elfos vivem no mato porque é mais saudável para eles (quando você tem um redutor de constituição é melhor mesmo morar no alto das árvores). Elfos tem intelecto superior por isso dominam facilmente as artes mágicas (isso e o fato de viverem algumas centenas de anos). Elfos são arrogantes com relação ao próprio intelecto (mas não costumam demonstrar isso, afinal uma machadada na cabeça ainda mata, especialmente se for dada por um orc). Então manolos, qual a sensação de perceber que os adorados (e odiados!) elfos não são aquela coca-cola toda do mistério? Qual a sensação de ver que eles são tão falíveis como qualquer humano? Ou orc, hafling, anão, centauro, gnomo...

PS:alguem joga de gnomo?

No próximo episódio: porque raios os anões se importam tanto com a barba?
Hiago AzuredHiago Azured, Roleplayer 4/Powergamer 1; tendência:??? FOR 8, DES 12, CONS 10 INT 17, SAB 9, CAR 15 Além de rpgista é metaleiro, DeMolay, nerd, otaku e agnóstico. Costuma chamar as pessoas de "manolo", tem leve tendência a falar de forma exagerada, joga todo e qualquer cenário/sistema que aparecer em sua frente. Por algum motivo considera a amizade verdadeira uma forma superior de amor. Anime favorito: BERSERK. Mora no Acre e é criador do Crônicas do Nerd Perdido.

18 comentários:

  1. Eu tenho uma explicação mais simples, mas que pelo menos pra mim sempre funcionou.

    Elfos, anões, halflings e etc. não são humanos, portanto não precisam seguir a mesma lógica ou filosofia humana.

    Como não existe nenhum deles no mundo real, nós não podemos saber como seria realmente ser um elfo, apenas sofismar sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo pergaminho, e devo dizer que concordo com o sábio Oráculo;elfos, assim como anões, halflings... não são como humanos, e desta forma não podem ser compreendidos e classificados pelos padrões estabelecidos pela lógica e filosofia dos humanos.

    ResponderExcluir
  3. No podcast do Rolando 20 sobre elfos, uma conclusão muito interessante analisando elfos de diferentes cenários de RPG (aliás, já notaram q uma das grandes diferenciações desses cenários são justamente "Como retratratar os elfos?"): Entre Darksun, Warcraft, SdA, Greyhawk, Dragonlance, Warlord e sei lá mais q cenário eles abordaram, uma coisa se mantém constante. Qq q seja o ambiente no qual os elfos se inserem (inclusive os elfos marinhos) a arquitetura, engenharia e "moda" deles se adaptam ao ambiente, e não o modifica, como os humanos fazem.

    Humanos CONSTROEM cidades, modificando um ambiente natural (deserto, floresta, tundra, etc.) num ambiente próprio. Os elfos usam o q a própria natureza fornece para construir suas "cidades". Outro fato é q a razão de normalmente serem mais longevos gera essa "consciência ecológica" deles. Fato, se nós vivessemos 600 anos em média, tb seríamos mais ecológicos.

    O único cenário q mais distoa nesse aspecto é Warlord, em q os elfos de maneira geral são malignos, necromantes e tipicamente usam magia para destruir, corromper, escravizar e esse tipo de coisa. Mas acho q a idéia era realmente revolucionar a idéia de elfo como raça boazinha.

    Pra mim sempre achei meio dissonante como os elfos vivem no mato, veneram e respeitam a natureza, e tinham como classe predileta MAGO, q usa magia ARCANA, e não divina, como originalmente eram categorizados os poderes mais "matinho". A Wizards nunca parou pra explicar isso direito, e imagino q seja uma redução meio bruta das idéias de Tolkien. Dividir os elfos entre "bichos do mato" e "mestres do arcano" parece ter sido uma idéia q deu certo pra Warcraft, Forgotten, Dragonlance, Points of Light, etc., à medida q essa idéia parece ser meio contraditória demais.

    Tb vale a pena meditar um pouco sobre as questões dos elfos "aprenderem mais devagar" segundo as regras da 3.x. Era uma piada comum um humano conseguir ser aventureiro aos 20 anos de idade enquanto um elfo demoraria uns cento e poucos pra aprender "as mesmas coisas". Dizem as más línguas, eles ficavam por aí abraçando árvores e outras coisas menos hombrosas na diferença de tempo.

    ResponderExcluir
  4. Os elfos vivem em ambientes selvagens, mas isso não quer dizer que são ignorantes ou rudes. Suas casas são moldadas em árvores, mas nem por isso são barracos de palha. Na verdade, a imagem que temos dos elfos são de cidades bem bonitas nas florestas, indicando que eles não são tão rústicos assim.
    Acho que no começo do RPG, talvez não houvesse uma diferença tão grande entre o arcano e o divino, como há hoje em dia. A coisa era muito simples, como "O guerreiro, o mago, o ladrão", e não havia essa diferença dos dias de hoje.
    Talvez tradição, deixaram os elfos como magos (afinal um clérigo elfo não aproveita tão bem seu bônus de Destreza na CA ou o bônus de armadura ao mesmo tempo xD)

    ResponderExcluir
  5. Bom post, Hiago! Só uma dúvida que me veio à mente, mas estou com preguiça de estender meu braço e pegar meu Livro do Jogador 3.5 aqui na estante ao meu lado (rssrsrs): nessa edição os elfos recebem bônus de destreza, não de inteligência, certo?

    ResponderExcluir
  6. MEU COMENTARIO SUMIU!!!!
    fui o primeiro a comentar, algo super relevante e bacana :(

    ResponderExcluir
  7. Os modificadores de elfos na 3.x eram +2 Des, -2 Con. Mas em alguns outros cenários eles ganhavam bônus de Inteligência (seja os silvanestis de Dragonlance, altos-elfos de Warcraft), ou alguma vantagem para classes arcanas (salvo engano, em Pathfinder, eles podem invocar magias arcanas com Nível de Invocador +1). No caso de Pathfinder, isso sim é mostrar a diferença entre um mago elfo e um humano.

    Uma coisa legal q achei pela introdução dos eladrins era q eles vivem num "mato arcano". A Agrestia das Fadas é, obviamente, cheia de fadas, mas não é apenas uma floresta de proporções épicas. É tb um lugar q pulsa energia arcana como a Amazônia produz mosquitos. É o primeiro lugar em q vejo razão pra serem magos, e razão para serem "classes do mato" (rangers, druidas, etc.). Tb confesso q um elfo clérigo não faria muito sentido na 3.x. Mas um mago com +2 Des me parece ganhar muito mais uma muleta do q algo q seja realmente útil.

    ResponderExcluir
  8. Na minha visão, os Elfos são uma visão romântica dos nossos habitantes originais de florestas: os índios.

    Toda essa fundamentação ecológica, desenvolvimento sustentável, não modificação do meio ambiente, etc, pode ser visto na forma como as culturas indígenas originárias viviam antes do contato com o "homem branco civilizado", numa romantização do mito do bom selvagem.

    Enfim... é a minha explicação sobre pq os Elfos são retratados dessa forma.

    ResponderExcluir
  9. Boa matéria e ponto de vista Azured. Sigo a mesma idéia do Oráculo. Acho que o modo de pensar deles por diferenciar um pouco dos humanos. Geralmente coloco elfos vivendo no mato simplesmente porque é sua cultura, e eles à mantém por um modo de pensar que dificilmente um humano compreenderia.

    Sobre a classe, eu também gosto de relacionar elfos com ranger, mas isso acabou se tornando assim principalmente pelo filme do Senhor dos Anéis (o livro ainda não li). Nos primórdios do D&D, elfos eram uma classe (não havia separação por raça/classe) misto de guerreiro e mago.

    ResponderExcluir
  10. Indios...? não sei...
    a minha resposta é essa:
    Os elfos aparece na mitologia nordica, e posteriormente celtica, e sempre foram seres das florestas... e alguns da luz... Mas foram retratados como seres parecidos com os humanos, porém mais magros, e orelhas pontiagudas.

    Na verdade... é por isso. Elfos deviam evitar cidades.

    acho que 600 anos é POUCO pra um elfo. Como no Dragonlance, o que os humanos envelhecem por dia, os elfos evelhecem por ano. E eles deviam ser imunes a doenças... eu tinha uma superinteressante sobre mitologias, falava de dragões, unicornio e elfos. O RPG parece que distorceu um pouco... fizeram dos elfos um tanto mais comuns em cidades e frequentadores de tavernas.

    Eu gosto de por os elfos como uma figura rara.

    ResponderExcluir
  11. Não é "distorceu", mas eles fizeram algo ao modo deles.

    Eu acho que a classe favorecida do elfo de veria ser ranger =D
    Elfos não deveriam estar em cidades por não estarem acostumados com a civilização humana, e nem entendela. em Baldur's Gate, uma elfa fala ocm um druida "Eu nunca entendi as cidades, pra que elas servem?" (druida) - "Cidades são feitas para quem não tem mais para onde ir". (elfa)

    ResponderExcluir
  12. Ponto de vista interessante, Azured :)

    Se os elfos vivem centenas de anos, eles provavelmente desenvolveriam uma consciência ecológica insuperável por qualquer humano... isso responde uma antiga pergunta minha, que era a seguinte: "Se os elfos vivem tanto tempo, como não desenvolveram uma tecnologia avançada, já que humanos, em um curto tempo de vida, podem ser tão engenhosos e inovar imensamente a cada geração?"

    Mas isso ainda não responde o porquê de outras raças longevas não fazerem o mesmo... xD

    ResponderExcluir
  13. Aí pessoal por favor não me interpretem mal, mas eu sou humano e moro no planeta que chamamos de terra, então a única "régua" que tenho para medir criaturas imáginarias como os elfos são os próprios seres humanos. Elfos são sagazes e ageis em comparação aos humanos, mas não aos anjos e demonios por exemplo. Além do mais como eu disse lá no inicio do post esse é o modo como EU enxergo os elfos. Vocês tem todo direito de discordar, mas eu sinceramente acho estranho "eles não são humano então não vamos pensar em porque eles são do jeito que são. Eles são assim e pronto" Sinceras desculpas mas eu não consigo pensar assim.

    Grande Hayashi! Seus comentários sempre tão precisos como o corte de uma katana +5. A coisa é bem por aí mesmo, afinal você cria mais consciência das consequências (putz! essa foi infame até pra mim) quando tem muitas primaveras para observar isso. E com relação as crianças élficas de 50 anos, bem, D&D tem um monte de furos como esse (sacerdotes de armadura ainda me causam um certo incômodo mesmo depois de tanto tempo) mas é divertido apesar de tudo.

    Eu não quiz dizer que elfos são ignorantes ou rudes, aliás eu até elogio um bocado a esperteza dos magrelos de orelha pontudo (e se a gente fosse mais como eles o nosso mundo estaria em melhor estado). Se isso não transpareceu no texto peço perdão e prometo melhorar na próxima.

    Agradeço a todo mundo que tirou uma parte do seu dia para ler estas linhas formatadas no word. É por vocês afinal de contas que eu escrevo esta bagaça. Queria dizer também que sou humano, tenho defeitos (também teria se fosse elfo) mas estou ganhando XP e melhorando aos poucos.

    PS:eu imagino a polêmica que vai ser se eu resolver falar dos humanos nesta minha pequena série sobre raças de RPG. Se nesse post já deu tanto pano pra manga.

    PS2:ninguém sacou a piada do mago e do paradoxo? (vide: world of darkness).

    ResponderExcluir
  14. Azured, na hora eu pensei nessa do Mago, mas achei que não tivesse sido intencional hehe, porque acabou fazendo certo sentido.

    ResponderExcluir
  15. Acho os elfos do D&D versões distorcidas dos elfos das obras de Tolkien (que que a TSR fez para não pagar direitos autorais no caso dos halflings/hobbits rsrsrsrs)

    ResponderExcluir
  16. Sei lá por que eles vivem nas florestas.
    Mas adoro elfos xD
    Jogo bastante com elfo, mas dependendo do sistema prefiro Levent...

    ResponderExcluir
  17. Gostei dos post Hiago.

    Concordo com você,mas acho que também moram na floresta para procurar o conhecimento da terra e da floresta.

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.