terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Draconhecimento: Escamas de metal


Atendendo a pedidos, venho lhes contar sobre o que nós, Dragões Cromáticos, sabemos a respeito da origem dos famigerados dragões metálicos, não são informações precisas, mas esclarecem muito do ódio que sentimos por eles.
____________________________________________________________




Draconhecimento: Escamas de Metal

Quando o mundo era jovem e os elementos guerreavam entre si, um corpo celeste se chocou com nossa terra causando uma titânica explosão que tornou a vida quase impossível, mas nossos antepassados conseguiram sobreviver em meio desse caos, eles domaram os elementos conquistando suas coroas e estabeleceram a paz e a ordem. A vida voltava a fluir pelo mundo e as cicatrizes da guerra eram curadas.


Nas profundezas da cratera que o corpo celeste formou, uma imensa rocha incandescente vagarosamente perdia calor e em sua superfície rachaduras surgiam. Dentro da rocha havia algo que não pertencia ao nosso mundo, mas que em instantes nasceria. Estranhamente, criaturas muito parecidas conosco saíram de dentro de ovos e instintivamente começaram a procurar alimento.

A parte mais profunda da cratera alcançava lençóis freáticos cheios de galerias subterrâneas, as criaturas migraram para essas cavernas e começaram a se alimentar da matéria mais abundante que encontraram, os metais. Em pouco tempo cresceram e construíram seus refúgios, eram inteligentes e poderosos, suas escamas cresceram tomando a tonalidade dos metais que ingeriam.

Depois de algumas eras eles descobriram a superfície e em menos tempo nós os encontramos, inicialmente pensamos que eles eram primos distantes de outras terras, e como parentes nós os tratamos, cedemos a suas famílias vastos territórios de caça e só pedimos que respeitassem nossas leis. O grande Gygax quis conhece-los e em uma nobre solenidade nomeou um entre eles para ser o líder de todas as suas famílias, Bahamut era seu nome.


O dragão de platina se tornou sábio e poderoso, era um exímio caçador e grande conhecedor dos segredos do cosmo (magia), Seu povo esperava que ele escolhesse uma rainha, mas os pensamentos de Bahamut estavam nas estrelas, pois queria desvendar os mistérios do universo e quem sabe conhecer outros mundos.


Ano após ano ele vasculhava os céus buscando respostas, até que um dia uma voz melodiosa surgiu do vazio e começou a contar tudo que o dragão queria saber. Essa voz era Tiamat. Com o tempo e através de muitas mentiras, ela conquistou a confiança de Bahamut e o ensinou como encontra-la. Mas para fazer isso Bahamut precisaria da chave dos mundos, que estava em posse do rei dragão Gygax.

Com ajuda de sua corte o dragão de platina invadiu a morada das chamas e roubou a chave dos mundos, rapidamente e em segredo realizou o ritual, abrindo a passagem que Tiamat tanto desejava, a rainha conquistou a liberdade e logo com seus encantos seduziu Bahamut.


Gygax ao saber da traição convocou uma revoada e partiu para as terras dos dragões metálicos. Enquanto Tiamat plantava pefídias na mente de seu mais novo amante, a sombra da guerra se aproximava. Ao perceber a aproximação de seu rival, Tiamat aproveitou o caos do iminente conflito e roubou os ovos dos dragões metálicos, fugindo sem deixar pistas. A guerra abateu-se, e com fúria imensurável destruía tudo ao redor, e no meio do embate Gygax ficou cara a cara com Bahamut, durante a luta o dragão de platina citou o nome de Tiamat, Gygax se controlou e contou quem ela realmente era, Bahamut ficou aturdido, mas confiou na palavra de seu inimigo.


Juntos eles apaziguaram seus exércitos e partiram em busca do verdadeiro inimigo. Depois de sondar todas as terras sem encontrar vestígios de Tiamat, os reis  deixaram seus exécitos e rumaram para a morada das chamas. Lá deram de cara com Tiamat. Gygax e Bahamut a enfrentaram juntos, mas a rainha era uma adversária cruel, com suas cinco cabeças ela parecia imbatível. Gravemente ferido Bahamut conseguiu segurar Tiamat por trás e Gygax lhe tomou a chave dos mundos, mas antes que fosse novamente aprisionada a dama do caos com o ferrão de sua cauda acertou o dorso do dragão de platina e o veneno lhe transformou em pedra eternizando sua figura.

Gygax, depois de banir Tiamat destruiu a chave, ao sair da morada e encontrar seus súditos, narrou todos esses acontecimentos, mas a semente do caos já havia sido plantada, pois os dragões metálicos (agora sem um líder) acusavam os dragões cromáticos de assassinar Bahamut e roubar seu ovos.
 E assim foi deflagrado o eterno ódio entre as duas linhagens.

Gygax percebeu que nada mais seria como antes e singrou para seu exílio.
E dizem que o espirito de Bahamut ilumina os céus das noites mais escuras.


Bom, caros colegas, espero que tenham gostado dessa lenda milenar.
Veja o início da história clique aqui: Gygax o rei dos dragões
Por Red Dragon "No more tears"
Red DragonRed Dragon, um dragão que estranhamente joga RPG desde que saiu do ovo, adora tudo relacionado aos cenários de fantasia, mestre rodado em vários sistemas, fã incondicional de Tolkien. Mora em um vulcão onde tenta entender os seres humanos.

10 comentários:

  1. Muito Bom...
    Deveriam ensinar mitologia RPGistica nas escolas porque é formidável!
    Eu não conhecia a história...

    ResponderExcluir
  2. O início dessa história está aqui:
    http://oclerigo.blogspot.com/2011/01/draconhecimento-gygax-o-rei-dos-dragoes.html

    ResponderExcluir
  3. otima materia, red!

    acho legal q tem umas diferenças no q diz respeito aos deuses dos dragoes. estava olhando o rules cyclopedia ontem, e fala de 3 governantes (um pra cada alinhamento) e um como sendo o governante supremo

    ResponderExcluir
  4. Nobilíssimo Red, creio que tuas ideias poderiam ser compiladas em um tomo contendo material para orientar aventureiros e mestres na criação de seus mundos imaginários.

    Em outras palavras, penso que deverias escrever um Cenário de Campanha partindo desta mitologia e explicando o mundo que tens criado.

    ResponderExcluir
  5. O.o sério Priest? Você acha que fica bom?

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o Clérigo, um bom cenário de campanha pode surgir dessa história toda :D

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana essa história. Belo post, Red Dragon!

    ResponderExcluir
  9. Já que todos vcs acham que pode sair um bom cenário dessas histórias, eu vou dar continuidade e vou postar tudo aqui XD

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.