sábado, 3 de dezembro de 2011

Especializações: Magos de Batalha para Old Dragon

O grupo de orcs se vê de queixo caído ao se deparar com um único invasor humano em seu acampamento. Depois caem na risada quando ele diz que era um mago. “Um mago, sozinho contra todos nós?” Porém, não deixaram o humano terminar de falar. “Eu sou um mago... Um mago de batalha.” Do esconderijo de sua capa, surge uma espada; da mão que apontava para os inimigos, as chamas que poderiam acabar com metade deles.


Olá, pessoal!!

Hoje venho apresentar mais uma especialização para Old Dragon baseada nos personagens do livro Amberblades e o Coração de Lua.

No mundo de Kathros, cenário de Amberblades, os magos vivem em todos os lugares do mundo. São identificados pela forma de se vestirem, de falarem, da sabedoria que possuem quando estão reunidos às pessoas que se demonstram curiosas em saber mais do mundo. Enfim, são vistos pela população como pessoas com quem podem sempre contar. Porém, não ficam “à mostra” pelo mundo. Um ou outro mago constrói seu local mágico de estudos em meio às cidades grandes ou afastadas, dando assim a chance de alguém pedir para ser seu aprendiz ou alguma ajuda. A maioria deles reside na Biblioteca dos Povos, templo este pertencente à deusa do conhecimento, Knowlie. Lá eles recebem todo o apoio da deusa na busca pelo conhecimento do mundo no qual também está incluída a magia.

Contudo, também existem aqueles que erram no seu julgamento quanto ao caminho a seguir na vida, acreditando que o estudo da magia é aquilo que o irá completar. Alguns, em meio aos livros, sentem falta de alguma coisa... Algo como... Uma bela espada e a adrenalina ao enfrentar um inimigo face a face.

Tomando Zak Colman, o único mago da Guarda Real de Miraia, capital de Evoluty no reino dos humanos, como exemplo, hoje lhes apresento a seguinte especialização: Mago de Batalha.

Zak Colman, ao centro, personagem que inspirou a especialização Mago de Batalha. À direita podemos ver Datueny, o inventor que inspirou a especialização de alguns posts anteriores.
- Mago de Batalha (neutro): O mago de batalha é aquele que, possivelmente, não viu muito futuro em estudar magia, ou cansou de levar bronca do professor porque sempre explodia alguma coisa até mesmo tentando conjurar magias bem simples e decidiu voltar para as aulas de esgrima ou até de arte-marcial. É um personagem que, mesmo começando a lutar corpo-a-corpo, não cause muito dano nos personagens, mas que terá a capacidade de atacar como um mago movendo-se como um lutador.

A partir do 5º nível, o mago neutro passa a ter o d6 como Dado de Vida, pois volta a treinar o corpo e não o cérebro. Com relação a equipamentos, continua com sua ligação com os itens mágicos, mas pode começar a usar armas de tamanho P e M, assim como qualquer armadura que não possua Redução de Movimento. Como o personagem deixa a magia um pouco de lado, a Chance de Aprender Magia cai 5%. O mago de batalha também pode conjurar uma magia estando em movimento.

A partir do 8º nível, o mago de batalha pode lançar, por dia, uma magia a mais de cada ciclo (quatro magias do 1º ciclo, ou invés de três, por exemplo). Embora ele tenha deixado de estudar com afinco a magia, não a abandonou. Pelo contrário, adaptou-se a uma vida que exige muito mais de si, dominando tanto a arte da luta como as magias, fazendo com que seu corpo consiga canalizar muito mais magias por dia por estar mais bem treinado fisicamente, evitando a fadiga.

A partir do 16º nível, o mago de batalha poderá passar um turno se concentrando na magia que pretende usar, imóvel, para no turno seguinte lançar a magia com seu efeito dobrado. Caso ele seja atacado com sucesso, perde toda a concentração realizada até o momento.

8 comentários:

  1. bem pensando o lance do d6 como dado de vida!

    muitom legal gisele, parabens!

    ResponderExcluir
  2. É mesmo legal o lance do d6, por mais que não jogue D20 lembrou muito aquelas seções de CdP da DS XD
    Parabens!

    ResponderExcluir
  3. Achei forte demais.... qual a vantagem de não ser um mago de batalha?

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o Anônimo, é forte d+, mesmo, a chance de aprender cai só em 5%, acheo que pelo menos ele devia ter acesso a magias só até o 6º nível, ou similar...

    ResponderExcluir
  5. É realmente bem forte, ilustrando o personagem no livro que é desta classe, e ele realmente é muito forte ^^

    Muito bom gi :D

    ResponderExcluir
  6. O conceito da especialização e das habilidades é bem interessante, mas acho que faltam algumas punições mais severas para compensar os poderes realmente desproporcionais em relação às outras opções (ou uma diminuição destes).

    ResponderExcluir
  7. Como eu disse, a especialização é inspirada no personagem e no cenário do livro. Para jogos em outros cenários, o pessoal pode trabalhar as punições mais severas para compensar o que achou desproporcional.

    E qual seria a vantagem de não ser um mago de batalha? O fato de você querer interpretar apenas um mago.

    O material da adaptação do cenário do meu livro para OD não está 100% É através dos comentários de vocês que vou acertando as coisas. o/ Valeu^^

    ResponderExcluir
  8. Gisele, bom dia.

    Estou ajudando o Beltrame a passar as especializações que o Clérigo criou para a OD wiki, e gostaria de saber se você autoriza que eu coloque as suas especializações por lá também, pra gente enriquecer ainda mais o site, claro, citando a fonte da especialização com o link para cá.

    ResponderExcluir

Seja um comentarista, mas não um troll! Comentários com palavrões ou linguagem depreciativa serão deletados.